Aprovada no Canadá

O Band recebeu mais uma boa noticia relativa ao sucesso de uma ex-aluna. Giselle Schnaider Brunstein, que se formou em 2011 no Colégio, agora está estudando na Universidade de Toronto, que figura na lista das vinte melhores do mundo, além de ser considerada a número um do Canadá.

Giselle entrou no Band na sétima serie. Em 2011, se formou na área de Biológicas. “Quando escolhi Biológicas ainda não tinha certeza do que cursaria na faculdade, mas  creditava ser a área que equilibrava mais as matérias”, explicou a ex-aluna, que foi aprovada no curso de “Management”, equivalente à nossa Administração. Ela pretende fazer uma graduação conjunta em Economia.

Os Estados Unidos costumam ser o principal país escolhido pelos alunos que querem estudar no exterior, mas Giselle optou pelo país mais ao norte. “O Canadá se destaca em diversas áreas, principalmente na Educação, considerada uma das melhores do mundo. E, além disso, a diversidade cultural e a riqueza natural tornam-se pontos atrativos a mais”, considerou.

“O Colégio Bandeirantes desempenhou um papel muito importante na minha aprovação devido ao ensino de qualidade, tradição e reconhecimento internacional. Com certeza, todo o meu conhecimento acumulado durante os 5 anos de Bandeirantes será usado nesse novo capítulo de minha vida”, concluiu.

Ex-aluno projeta e leva carro para competição nos EUA

Formado em 2007 pelo Colégio Bandeirantes, e agora no último ano da faculdade de Engenharia da Unicamp, o jovem André Stuart irá para os Estados Unidos junto a seu “Fórmula”, carro que construiu na faculdade. O objetivo é competir com outros automotores desenvolvidos por estudantes de várias partes do mundo. É a primeira vez que a Unicamp atinge o nível exigido para competir na etapa internacional da Formula SAE. A competição mundial acontecerá em Lincoln, Estado de Nebraska, nos Estados Unidos, e reunirá 81 competidores do mundo inteiro entre os dias 20 e 23 de junho.


Muito conhecida entre os estudantes de Engenharia, a Fórmula SAE (Formerly Society of Automotive Engineers) foi criada nos Estados Unidos em 1986, e chegou ao Brasil em 2004, com o objetivo de melhorar a formação acadêmica dos estudantes brasileiros de Engenharia. Integrada somente por alunos do ensino superior, a SAE é uma competição com regulamento internacional, que consiste na construção de “Fórmulas”, que são mini-carros de corrida.
“O acesso dos competidores americanos à tecnologia e à infraestrutura é muito superior a nossa, mas neste ano queremos ficar entre os vinte primeiro colocados e aprender o máximo possível com as outras equipes, para podermos vencer o campeonato mundial em 2013”, almeja o estudante.

O “Fórmula” nacional começou a ser projetado em janeiro de 2011 por uma equipe de trinta e cinco estudantes. Na competição nacional, a equipe ficou na 2ª colocação geral e conquistou o direito de ir competir nos Estados Unidos. Para isso, o carrinho passou por uma série de 3 etapas: inspeção técnica, provas estáticas e provas dinâmicas.

Além de um dos projetistas, André Stuart é também capitão da equipe. A CBMM (Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração) forneceu apoio financeiro e técnico, possibilitando, por exemplo, que o automóvel ficasse 20% mais leve do que o previsto, graças a uma liga especial de metais. “Preciso agradecer muito ao Bandeirantes e ao seus professores. Considero que estudar lá me fez amadurecer mais rápido, aprendi a ver os desafios da vida de forma diferente. Os professores incentivaram sempre a buscar o melhor e, com isso, alcançar meus sonhos”, concluiu André.